domingo, 24 de setembro de 201724/9/2017
Parcialmente nublado
16º
17º
23º
Sao Paulo - SP
dólar R$ 3,12
euro R$ 3,73
ENTRETENIMENTO
História real da Segunda Grande Guerra – Deixados para trás mas nunca esquecidos
Filme baseado em história real conta a história do resgate de prisioneiros americanos
Indicatu Web Notícias São Paulo - SP
Postada em 03/05/2017 ás 17h10 - atualizada em 31/07/2017 ás 13h18
História real da Segunda Grande Guerra – Deixados para trás mas nunca esquecidos

(Foto: Reprodução)

Lançado em 12 de Agosto de 2005, baseado na história real de prisioneiros de guerra americanos, o filme 'O grande ataque', de John Dhal, narra a história de um grupo de 500 soldados americanos que foram deixados para trás durante a segunda guerra mundial nas Filipinas, território dominado à mãos de ferro pelos japoneses que mantinham os guerreiros americanos cativos no campo de concentração de Cabanatuan.


É uma história de superação, perseverança e disciplina, comportamentos fundamentais adotados pelos soldados cativos americanos, que os ajudaram a se manter vivos e firmes durante os anos de terror e doença enfrentados no campo. Regras rígidas foram impostas pelo diretor da unidade prisional para manter os detentos de guerra sob o seu comando. Entre elas, a mais cruel de todas era a que determinava a execução de 10 prisioneiros para cada 1 que tentasse fugir.


A missão de resgate parecia impossível não só pela trilha do território perigoso dominado pelo Japão que o grupo de restate americano teria que fazer, como também, pela quantidade de homens usada pelos EUA para tirar os prisioneiros do campo com vida e em segurança.


É uma história real, considerada o maior feito de guerra americano em toda a sua história, pela sua estratégia, unidade de comando e agilidade.


O filme O grande ataque foi mais um triste capítulo da segunda grande guerra que devastou mais de 60 milhões de vidas durante todo o seu combate de 6 longos anos. O contexto atual entre EUA e Coreia do Norte faz renascer as chamas de um passado obscuro que, há muito enterrado, pode ressurgir a qualquer instante.


 


Ag. Indicatu - SP/BR- 03/05

FONTE: Da redação
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
551
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium