Sexta, 22 de setembro de 201722/9/2017
Ensolarado
14º
24º
30º
Sao Paulo - SP
dólar R$ 3,13
euro R$ 3,75
GOSTE DE SABER
Guerra sem bombas - Rússia proíbe tradução moderna da bíblia e a ordem é que se destrua todos os exemplares impressos
O livro sagrado é blasfemado na terra vermelha
Indicatu Web Notícias São Paulo - SP
Postada em 21/08/2017 ás 15h38 - atualizada em 28/08/2017 ás 21h30
Guerra sem bombas - Rússia proíbe tradução moderna da bíblia e a ordem é que se destrua todos os exemplares impressos

(Foto: jw russo)

Rússia,  17 de Agosto de 2017 - Uma decisão história deixou o mundo de cabelos em pé na semana passada quando o juiz Dmitry Grishin aprovou a decisão de tornar extremista a tradução da bíblia, o único livro que, por lei, não pode ser reconhecido como material extremista.


A bíblia, uma versão moderna impressa pelas testemunhas de Jeová, foi proibida em todo o território nacional russo a partir da semana passada após o anúncio da decisão aprovada pelo juiz.


Essa é, sem dúvida, a guerra sem bombas mais implacável dos últimos séculos sangrentos da humanidade. À cada dia, pouco a pouco, as testemunhas de Jeová vão tendo todos os seus direitos extirpados, sem que haja uma intervensão por parte de outros grupos, ongs ou religiosos, que abraçem a causa em defesa delas.


Com isso, a Rússia se torna o primeiro país no mundo a tomar a decisão inédita de  proibir a disseminação do conhecimento sagrado. Segundo relata o site oficial das testemunhas de Jeová em russo, peritos investigaram o texto da nova versão da bíblia de capa a capa e não encontraram vestígios de conteúdo extremista, uma vez que todas as bíblias são iguais, mudando-se apenas termos clássicos por outros contemporâneos e de fácil entendimento ao público.


As testemunhas de Jeová recorreram da decisão aos tribunal regional de Leningrado.


AGÊNCIA INDICATU - SP/BR - 21/08


Fonte: https://jw-russia.org/news/17081814-206.html


 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
1.201

Publicidade

Facebook

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Enquete
Qual o predileto no judiciário para assumir a presidência

Joaquim Barbosa
307 votos - 50.8%

Carmem Lúcia
297 votos - 49.2%

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium