Sexta, 22 de setembro de 201722/9/2017
Ensolarado
14º
24º
30º
Sao Paulo - SP
dólar R$ 3,13
euro R$ 3,75
INTERNACIONAL
Governo do Cazaquistão fecha sede das testemunhas de Jeová no país
Efeito cascata da perseguição às testemunhas de Jeová no mundo
Indicatu Web Notícias São Paulo - SP
Postada em 04/09/2017 ás 12h51 - atualizada em 11/09/2017 ás 16h41
Governo do Cazaquistão fecha sede das testemunhas de Jeová no país

(Foto: Jw.org / Sede das testemunhas de Jeová no Cazaquistão)

Após acionar o gatilho da intolerância, a Rússia abriu o caminho para a mais incomum perseguição religiosa do século 21. As testemunhas de Jeová no mundo começam a sofrer o que se pode chamar de 'Efeito cascata da intolerância', ao ver a sua fé ser perseguida e hostilizada em várias partes do mundo.


Segundo o site oficial das testemunhas de Jeová, o JW.ORG, o governo do Cazaquistão resolveu fechar a sede do grupo no país, alegando que a direção deixou de seguir as normas de segurança estabelecidas no país, por não instalarem três câmeras de segurança, para serem somadas às 25 já existentes no recinto.


O grupo recorreu da decisão e usou como base para sua defesa um projeto oficial aprovado pelo governo, no qual indicava a posição exata onde as tais câmeras deveriam ser instaladas, ou seja, onde já estavam. Tal projeto confirmava a tese de que as instalações da sede estavam cumprindo com todas as normas exigidas pelo estado, tornando inexplicável a decisão do governo de suspender as atividades da sede no Cazaquistão.


As testemunhas de Jeová no Cazaquistão estão recorrendo da decisão do governo de suspender as atividades do grupo, decisão essa que, para as testemunhas de Jeová, parece ter sido motivada por intolerância religiosa. 


Será que o Cazaquistão vai imitar a Rússia no tratamento dado às testemunhas de Jeová?


AGÊNCIA INDICATU - SP/BR - 04/09


Fonte:


https://www.jw.org/pt/noticias/casos-juridicos/por-regiao/cazaquistao/tribunal-suspende-atividades-sede-nacional-testemunhas-jeova/


 


 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
3.508

Publicidade

Facebook

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Enquete
Qual o predileto no judiciário para assumir a presidência

Joaquim Barbosa
307 votos - 50.8%

Carmem Lúcia
297 votos - 49.2%

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium