Terça, 17 de outubro de 201717/10/2017
Nublado
16º
16º
27º
Sao Paulo - SP
dólar R$ 3,17
euro R$ 3,74
LARGO - 01 TOPO - EM MASSA 1 - 728x90
INTERNACIONAL
EUA ou Coreia do Norte - quem dará o primeiro tiro
Notícia do ditador Kin Jong Un deixa a Coreia em silêncio
Indicatu Web Notícias São Paulo - SP
Postada em 23/09/2017 ás 14h06 - atualizada em 13/10/2017 ás 22h39
EUA ou Coreia do Norte - quem dará o primeiro tiro

(Foto montagem: indicatu web notícias)

A última notícia do ditador Kim jong-un deixou a Coreia do Norte em silêncio nos últimos 3 dias. A informação de que o Ditador estava para realizar mais um teste, desta vez com a bomba de hidrogênio, pôs a Coreia inteira em reflexão. Estaria os norte-coreanos a fazer o jogo da superpotência norte-americana, atacando primeiro para depois receberem o golpe fatal?


Se voltarmos um pouco na história, chegaremos a 7 de Dezembro de 1941. A Marinha Imperial Japonesa, às 7 horas da manhã, sobrevoa as águas do Oceano Pacífico. Um ataque surpresa contra Base Naval dos Estados Unidos na ilha de Pearl Harbor muda a opinião pública nos Estados americanos e o povo clama por Justiça aos seus líderes políticos. O que desencadeou aquele ataque nada mais foi do que as severas provocações, traduzidas em formas de sanções econômicas impostas ao Japão, que seria economicamente esmagado pelos Estados Unidos e o resto do mundo, caso não desse meia volta nas suas investidas contra os territórios dos países aliados dos americanos. Há quem diz que as sanções foram provocações americanas, um pretexto para que eles entrassem na guerra, a desculpa perfeita que os americanos queriam para pôr o mundo de joelhos e se tornar a potência mundial dominante, presente no cenário há cerca de 72 anos.


O modelo de punição adotado pelos americanos contra a Coreia do Norte é parecido com que foi usado contra o Japão, com a diferença de que naquela época os nipônicos não possuiam a bomba atômica, arma mais letal daquele momento. Hoje, as coisas são bem diferentes. Não só a Coreia do Norte, mas, nações que a apoiam, como a Rússia e a China, possuem bombas muito mais potentes, talvez até mais do que os próprios Estados Unidos.


A Coreia do Norte já mostrou ao mundo que não se intimida com as provocações Americanas e continua com seus testes de armas nucleares, deixando todo o resto do mundo em estado de Alerta Geral. Será que os americanos, mais uma vez, esperariam serem atacados para depois aplicarem o golpe de misericórdia como fez com o Japão, ou será que uma ação militar de caráter nuclear americano poderá desencadear uma Terceira Guerra de proporções mundiais?


AGÊNCIA INDICATU - SP/ BR - 23/09

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
488
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium