Segunda, 18 de dezembro de 201718/12/2017
Nublado
19º
20º
24º
Sao Paulo - SP
Erro ao processar!
Patrocínio_LARGO_01
INTERNACIONAL
Escritor, testemunha de Jeová, é preso na Rússia ao sofrer calúnias
Intolerância religiosa se intensifica na Rússia
Indicatu Web Notícias São Paulo - SP
Postada em 25/09/2017 ás 12h51 - atualizada em 17/10/2017 ás 20h40
Escritor, testemunha de Jeová, é preso na Rússia ao sofrer calúnias

(Foto: jw - Rússia / Escritor Sergei Isayev, preso sob falsas acusações de resistência à prisão)

É cada vez mais latente o desespero das autoridades russas na perseguição às Testemunhas de Jeová no país.


Serguei Isayev, escritor, foi preso enquanto caminhava com um amigo adolescente de 16 anos, Arseny U., em uma ponte de pedestres situada sobre o rio Hosta em Sóchi, uma cidade Resort que fica nas proximidades das montanhas nevadas da região do Cáucaso e Mar negro, no sudoeste da Rússia. Os homens foram levados à delegacia, sendo o adolescente liberado logo em seguida. Sergei Isayev, porém, permaneceu preso por 10 dias.


A acusação para a prisão do religioso foi de que, ao ser reconhecido como Testemunha de Jeová, o mesmo teria desobedecido à uma ordem policial. Uma câmera de vigilância registrou o momento da abordagem. As filmagens, entretanto, desmentem as acusações da suposta resistência aos policiais que efetuaram a prisão do religioso, fato que também foi confirmado por um transeunte que passava pelo local no momento da prisão dos homens.


Já o adolescente relata que sofreu extrema pressão do Major - Serguei Mutsko -, ao ser convocado à delegacia no dia seguinte à prisão do acusado, onde compareceu com sua mãe, para que ele assinasse um documento preparado pelos policiais, onde o adolescente testemunhava contra o seu amigo detido e preso injustamente, sob pena de sanções e ações criminais contra ele e sua mãe, caso se recusasse assinar o documento. O jovem não concordou em assinar o documento em demonstração de lealdade a seu amigo e suas convicções religiosas.


Sergei Isayev foi liberado depois de 10 dias de prisão e já está de volta ao seio da sua família.


Fonte:


https://jw-russia.org/news/17091920-216.html


 AGÊNCIA INDICATU - SP/BR - 24/09

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
4.070
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium