Segunda, 18 de dezembro de 201718/12/2017
Nublado
19º
20º
24º
Sao Paulo - SP
Erro ao processar!
Patrocínio_LARGO_01
BRASIL
Depois de matar ex-esposa e ferir ex-cunhada, homem se mata cortando o próprio pescoço em terminal de Mussurunga, Salvador-BA
Medida cautelar proibia o agressor de se aproximar da ex-exposa
Indicatu Web Notícias São Paulo - SP
Postada em 12/10/2017 ás 13h23 - atualizada em 27/11/2017 ás 14h30
 Depois de matar ex-esposa e ferir ex-cunhada, homem se mata cortando o próprio pescoço em terminal de Mussurunga, Salvador-BA

(Foto: Correio 24h)

Informações dão conta de que um homem de nome Nelson Messias de Santos , 58 anos, por volta das 10:20h desta manhã de quinta-feira (12) do feriado nacional, matou a golpes de faca sua ex-esposa, Eleni Alves Lima, vendedora ambulante da estação Mussurunga em Salvador, Bahia.



Segundo fontes do BA-TV, o homem que já havia sido preso acusado de atos de agressão contra sua ex-mulher, foi posto em liberdade e aproveitou a oportunidade para executar seus pensamentos. Sabe-se que uma medida cautelar impedia a aproximação do acusado da vítima por medida de segurança. Consta o relato de que o Nelson estava solto há 10 dias e teria vindo à estação de Mussurunga, onde sua ex-esposa trabalhava em uma barraca de ponto fixo como ambulante para tentar contra sua vida. O jornal informou que o autor do crime estava com ciúmes da mulher com outro ambulante e teria vindo ao local para cometer o crime.



Ainda segundo informçaões do jornal BA-TV , emissora filiada à rede Globo, Nelson teria pulado uma barreira de contenção para agredir sua ex-cunhada, irmã da vítima que também trabalha como ambulante em outra barraca nesse mesmo terminal, e que dias atrás teria ido à delegacia junto com sua irmã prestar queixas contra ele, fator determinante para o ressentimento nutrido pelo acusado por sua ex-cunhada que também foi gravemente ferida com golpes de faca.



Após cometer os crimes, Nelson se suicidou golpeando o próprio pescoço, chegando a morrer no local. O corpo do homem estava em uma ambulancia do SAMU às 12:45 do meio dia de hoje, momento em que o BA-TV transmitia a reportagem ao vivo para todo o estado.



Mais um fato chocante que gerou a manifestação até mesmo dos apresentadores do jornal BA-TV a fazerem um apelo ao vivo para que as medidas cautelares, as quais vizam a proteção de pessoas que se sentem ameçadas, sejam cumpridas com mais rigor.


AGÊNCIA INDICATU - SP/BR - 12/10
Texto: Nossa redação
Fonte: BA-TV

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
3.928
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium